(Confissões de uma Águia misteriosa)

Dor? Sofrimento? Sim, sinto e tenho, mas nada é fácil nesse mundo. Enfim, se você se conforma com a vida que tem, é porque tem medo de tentar, e eu não tenho e lutarei até o fim.

Sobre a Águia

Minha foto
Eu não sou nada. Não posso querer ser nada. Mas tenho em mim todos os sonhos do mundo... Uma coisa é escrever como poeta, outra como historiador: o poeta pode contar coisas não como foram, mas como deveriam ter sido, enquanto o historiador deve relatá-las não como deveriam ter sido mas como foram, sem acrescentar ou subtrair da verdade o que quer que seja.

sexta-feira, 29 de agosto de 2008

A Manhã

"Lembro-me de quando era criança e via,
como hoje não posso ver,
a manhã raiar sobre a cidade.
Ela não raiava para mim
mas para a vida
porque então eu, (não sendo consciente)
eu era a vida.
E via a manhã e tinha alegria
Hoje vejo a manhã, tenho alegria
e fico triste.
Eu vejo como via,
mas por trás dos olhos, vejo-me vendo.
E só com isso, se obscurece o sol,
o verde das árvores é velho,
e as flores murcham antes de aparecidas."



Do Livro do Desassossego- Fernando Pessoa

sexta-feira, 22 de agosto de 2008

Meu Sonho

Parei as águas do meu sonho
para teu rosto se mirar.
Mas só a sombra dos meus olhos
ficou por cima, a procurar...

Os pássaros da madrugada
não têm coragem de cantar,
vendo o meu sonho interminável
e a esperança do meu olhar.
Procurei-te em vão pela terra,
perto do céu, por sobre o mar.

Se não chegas nem pelo sonho,
Por que insisto em te imaginar ?
Quando vierem fechar meus olhos,
talvez não se deixem fechar.
Talvez pensem que o tempo volta,
e que vens, se o tempo voltar.


Cecília Meireles

segunda-feira, 18 de agosto de 2008

Mistérios da noite

Hoje me bateu uma saudade daquela pessoa que acho que passou, e penso que ainda está aqui... Não sei explicar muito bem. Sabe aqueles momentos, aqueles sentimentos que você não consegue explicar?
Pois é exatamente esse sentimento que me invade agora... E tem uma poesia de Pablo Neruda que se encaixa certinho nesse momento de confusão:

Saudade é solidão acompanhada,
é quando o amor ainda não foi embora,
mas o amado já...

Saudade é amar um passado que ainda não passou,
é recusar um presente que nos machuca,
é não ver o futuro que nos convida...

Saudade é sentir que existe o que não existe mais...
Saudade é o inferno dos que perderam,
é a dor dos que ficaram para trás,
é o gosto de morte na boca dos que continuam...

Só uma pessoa no mundo deseja sentir saudade:
'aquela que nunca amou.'
E esse é o maior dos sofrimentos:
não ter por quem sentir saudades,
passar pela vida e não viver.


Vou ficando por aqui, pois estou sem palavras, e já são altas horas da madrugada e não quero ficar alimentando ilusões, ou ficar remoendo um passado que já era pra ser esquecido. Esquecido não porque foi ruim, mas porque me trazem algumas lembranças que ao emergí-las, faz brotar uma esperança, que ainda continua muito viva na minha mente e no meu ser...

sábado, 16 de agosto de 2008

Ai, quem me dera

Ai, quem me dera terminasse a espera
Retornasse o canto simples e sem fim
E ouvindo o canto se chorasse tanto
Que do mundo o pranto se estancasse enfim.


Ai, quem me dera ver morrer a fera
Ver nascer o anjo, ver brotar a flor.
Ai, quem me dera uma manhã feliz.


Ai, quem me dera uma estação de amor
Ah, se as pessoas se tornassem boas
E cantassem loas e tivessem paz
E pelas ruas se abraçassem nuas
E duas a duas fossem ser casais.


Ai, quem me dera ao som de madrigais
Ver todo mundo para sempre afim
E a liberdade nunca ser demais
E não haver mais solidão ruim.

Vinícius de Morais

quarta-feira, 13 de agosto de 2008

Dia dos Pais

[Pai eu não faço questão de ser tudo. Só não quero e não vou ficar mudo pra falar de amor pra você...]

Exatamente hoje, faz 8 anos que passei o último dia dos pais com você. Foi o dia dos pais mais diferente que nós passamos, parece até que os nossos corações estavam sentindo que o momento da partida se aproximava. E realmente, dali há alguns dias nós não estaríamos mais juntos neste mundo.

Sabe Pai, eu tenho a certeza de uma coisa, nós ainda vamos nos encontrar neste mundo sim. Sabe por quê? Porque tudo isso, que nos aconteceu, foi para eu perceber o quanto o amava, pois durante toda a sua vida ao meu lado, eu nunca demonstrei o amor que sentia por ti. Nós estávamos sempre discutindo por causa de besteiras, nunca entrávamos em um consenso. Por que? Sempre me fiz essa pergunta.

Mas Pai, a verdade é que eu me sentia muito rejeitado por você, por causa disso eu não conseguia expor meus sentimentos, sentia uma grande repulsa que me incapacitava de agir com o coração, e, evidentemente, a minha reação era a de ti rejeitar também. Ahh Pai, como eu queria ter corrido para os teus braços nos momentos de insegurança, como queria ter deixado meu orgulho de lado e ter dito o quão grande era o meu amor por você. Só que o ser humano só dá valor a alguma coisa quando a perde.
E foi exatamente o que aconteceu comigo. Hoje quase 8 anos separados, sei que o nosso amor era recíproco, mas o nosso orgulho não deixava isso transparecer.

No decorrer desses anos tive alguns sonhos com você - certamente você sabe que acredito muito em sonhos - e então a cada encontro nosso, acordava com um sorriso no rosto por saber como estais bem, recuperado e feliz.

Queria muito tê-lo ao meu lado nesse momento em que me encontro, profissionalmente. Como queria poder ver você dividir a alegria, o sorriso com a outra pessoa que amo demais, minha Mãe. E por falar nela, tenho que agradecer ao Papai do Céu por ter deixado ao meu lado essa mulher incrível, sublime. Tudo que eu tenho e sou, posso dizer que grande parte é graças à ela. Minha Mãe foi, é e sempre será tudo na minha vida. E tudo o que mais queria era poder ter os dois ao meu lado. Mas a vida não quis assim, e deve ter os seus motivos.
Mas sei Pai que você está aí de cima mandando energias positivas e olhando por nós junto do Todo Poderoso.

Olha Papai, você também faz parte desse caminho que hoje eu sigo com toda fé e coragem. E com a dignidade e humildade que você, durante a sua estadia aqui neste mundo, me mostrou...



[Pai pode ser que daqui há algum tempo haja tempo pra gente ser mais, muito mais que dois grandes amigos... PAI e FILHO talvez.]



Feliz Dia dos Pais!!!

terça-feira, 5 de agosto de 2008

Quero...

Quero ter a inteligência de um poeta;
Quero ser a beleza da poesia.

Quero ter a voz sublime de um cantor;
Quero ser a melodia suave entrando pelos ouvidos.

Quero ter a luz do sol;
Quero ser a lua numa noite escura e fria.

Quero ter o poder das palavras bonitas;
Quero ser a boca para pronunciá-las.

Quero ter o perfume de uma rosa;
Quero ser a mão para possuí-la.

Quero ter a suavidade do vento;
Quero ser uma brisa fria numa noite quente.

Quero ter o dom do sorriso;
Quero ser a gargalhada sem fim.

Quero ter o mais incondicional amor;
Quero ser um eterno apaixonado.

Quero ter a pureza de uma criança;
Quero ser um eterno menino.

Quero ter sempre a sinceridade em meus olhos;
Quero ser sempre eu.


Lhéo Fernandes

domingo, 3 de agosto de 2008

Mistérios da Águia


A águia é a ave que possui maior longevidade da espécie. Chega a viver setenta anos.

Mas para chegar a essa idade, aos quarenta anos ela tem que tomar uma séria e difícil decisão. Aos quarenta ela está com as unhas compridas e flexíveis, não consegue mais agarrar suas presas das quais se alimenta. O bico alongado e pontiagudo se curva. Apontando contra o peito estão as asas, envelhecidas e pesadas em função da grossura das penas, e voar já não é tão fácil!

Então a águia só tem duas alternativas: Morrer, ou enfrentar um doloroso processo de renovação que irá durar cento e cinquenta dias.

Esse processo consiste em voar para o alto de uma montanha e se recolher em um ninho próximo a um paredão onde ela não necessite voar. Então, após encontrar esse lugar, a águia começa a bater com o bico em uma parede até conseguir arrancá-lo.
Após arrancá-lo, espera nascer um novo bico, com o qual vai depois arrancar suas unhas. Quando as novas unhas começam a nascer, ela passa a arrancar as velhas penas. E só cinco meses depois sai o formoso vôo de renovação e para viver então mais trinta anos.

Em nossa vida, muitas vezes, passamos por um processo de renovação. Para que continuemos a voar um vôo de vitória, devemos nos desprender de lembranças, costumes, velhos hábitos que nos causam dor.
Somente livres do peso do passado, poderemos aproveitar o resultado valioso que a renovação nos traz.