(Confissões de uma Águia misteriosa)

Dor? Sofrimento? Sim, sinto e tenho, mas nada é fácil nesse mundo. Enfim, se você se conforma com a vida que tem, é porque tem medo de tentar, e eu não tenho e lutarei até o fim.

Sobre a Águia

Minha foto
Eu não sou nada. Não posso querer ser nada. Mas tenho em mim todos os sonhos do mundo... Uma coisa é escrever como poeta, outra como historiador: o poeta pode contar coisas não como foram, mas como deveriam ter sido, enquanto o historiador deve relatá-las não como deveriam ter sido mas como foram, sem acrescentar ou subtrair da verdade o que quer que seja.

sexta-feira, 26 de setembro de 2008

O Caderno


Eu não sei se você se recorda do seu primeiro caderno,
Eu me recordo do meu.
Com ele eu aprendi muita coisa.
Foi nele que descobri que a experiência dos erros,
Ela é tão importante quanto à experiência dos acertos.

Por que vistos de um jeito certo, os erros, eles nos preparam para nossas vitórias e conquistas futuras.
Por que não à aprendizado na vida que não passe pela experiência dos erros.

Caderno é uma metáfora da vida, quando os erros cometidos eram demais eu me recordo que a nossa professora nos sugeria que a gente virasse a página.
Era um jeito interessante de descobrir a graça que há nos recomeços.
Ao virar a página os erros cometidos deixavam de nos incomodar e a partir deles a gente seguia um pouco mais crescidos.

O caderno nos ensina que erros não precisam ser fontes de castigos.
Erros podem ser fontes de virtudes,
Na vida é a mesma coisa.
O erro tem que esta a serviço do aprendizado,
Nenhum tem que ser fonte de culpas, de vergonhas.
Nenhum ser humano pode ser verdadeiramente grande sem que seja capaz de reconhecer os erros que cometeu na vida.

Uma coisa é a gente se arrepender do que fez,
Outra coisa é a gente se sentir culpado.
Culpas nos paralisam, arrependimentos não.
Eles nos lançam pra frente, nos ajuda a corrigir os erros cometidos.

Deus é semelhante a um caderno.
Ele nos permite os erros pra que a gente aprenda pra fazer do jeito certo.
Você tem errado muito?
Não importa aceite de Deus esta nova página de vida que tem nome de hoje.
Recorde-se das lições do seu primeiro caderno.
Quando os erros são demais vire a página.

Pe. Fábio de Melo

terça-feira, 23 de setembro de 2008

Primavera


Esta é uma primavera diferente, com as matas intactas, as árvores cobertas de folhas, — e só os poetas, entre os humanos, sabem que uma Deusa chega, coroada de flores, com vestidos bordados de flores, com os braços carregados de flores, e vem dançar neste mundo cálido, de incessante luz.
Mas é certo que a primavera chega. É certo que a vida não se esquece, e a terra maternalmente se enfeita para as festas da sua perpetuação.


Cecília Meireles


sexta-feira, 19 de setembro de 2008

Preciso

Ontem eu estava conversando com uma amiga,e nós começamos a falar dos nossos desejos, aqueles que vem desde a infância. E um deles foi exatamente sobre amizades. Por incrível que pareça nós tínhamos o mesmo desejo.
Eu falei pra ela que queria muito encontrar um AMIGO TODINHO - companheiro de aventura - , um amigo que tope tudo, que seja louco que nem eu. Que a gente faça tudo junto...

E hoje lendo meus e-mails, encontrei essa poesia de Chalie Chaplin (Parece até que é coisa do destino): =P

Preciso de alguém que me olhe nos olhos quando falo.
Que ouça as minhas tristezas e neuroses com paciência.
E, ainda que não compreenda, respeite os meus sentimentos.

Preciso de alguém, que venha brigar ao meu lado sem precisar ser convocado.
Alguém amigo o suficiente para dizer-me as verdades que não quero ouvir, mesmo sabendo que posso adiá-lo por isso.

Nesse mundo de céticos, preciso de alguém que creia nessa coisa misteriosa, desacreditada, quase impossível:

- A AMIZADE.

Que teime em ser leal, simples e justo, que não vá embora se algum dia eu perder o meu ouro e não for mais a sensação da festa.

Preciso de um amigo que receba com gratidão o meu auxíliio, a minha mão estendida. Mesmo que isto seja muito pouco para suas necessidades.

Preciso de um amigo que também seja companheiro, nas farras e pescarias, nas guerras e alegrias, e que no meio da tempestade grite comigo:

- "NÓS AINDA VAMOS RIR MUITO DISSO TUDO". e ria muito.

Não pude escolher aqueles que me trouxeram ao mundo, mas posso escolher meu AMIGO.
E nessa busca empenho a minha própria alma, pois com uma Amizade Verdadeira a vida se torna mais simples, mais rica e mais bela...

Charlie Chaplin

domingo, 14 de setembro de 2008

Dia de Domingo

"Hoje é domingo, pé de cachimbo. O cachimbo é de ouro, bate no touro. O touro é valente, bate na gente. A gente é fraco, cai no buraco. O buraco é fundo e acabou o mundo."

A pessoa que inventou essa canção estava, como eu estou agora, sem nada pra fazer num dia de domingo. Eu tenho certeza disso. Geralmente o domingo tem essa cara de nostalgia, de tédio né?!
E é sempre bom você planejar, MUITO BEM, algo para o domingo, nem que seja uma sessão de cinema [em casa ou no shopping], se for em casa assista mais de um filme, só assim chega logo a hora de dormir. Se for no shopping, quando acabar o filme vá passear, olhar as vitrines, outras pessoas. Não volte pra casa antes das 20h.
Como diz a música, 'o buraco é fundo', e esse buraco é o domingo, se a gente não planejar direito, a gente é fraco e acaba caindo num buraco tedioso...

Nossa! É muito ruim você está vivendo um dia em que não tem NADA:
Nada pra fazer na internet.
Nada pra se ver na televisão.
Nada de bom pra fazer.

Pior ainda é você de férias, num domingo e SEM:
Sem namorada(o).
Sem carro.
Sem grana.
Sem nenhum amigo pra conversar.

Mas você podia agora me questionar: "- Por que você não assiste um filme em casa?"
Todos os filmes que tem aqui já assisti, e as locadoras estão todas fechadas hoje. =/
Pra você ter uma noção como está o meu dia, nem em quem pensar eu tenho. Eu não estou gostando de ninguém, não estou apaixonado por ninguém. Porque quando a gente tá gostando de alguém, basta pensar nela e a gente começa a viajar, fazer planos, e o tempo passa rapidinho, né verdade? Mas nem isso eu tenho agora. Hunf!!

Enfim, vou ter que me conformar com a definição "consoladora" do Domingo:
Dia de descanso.
Dia de preguiça.
Dia de sofá e não fazer nada mais.

Vou indo nessa, graças a Deus já passou das 22h e vou me ajeitar pra dormir. Mas eu não estou com sono, e é chato pra caramba ficar se remexendo na cama, de um lado para o outro, esperando a boa vontade do sono chegar.

E agora?? O que fazer??

Acho que vou ler um pouco.
Éééé... isso mesmo, boa idéia. Vou ler!!

Ahh! Mas não estou com saco pra ler. =/

Ai ai ai ai Jesuuuss... cheguei a uma conclusão.
Não é o dia e sim eu quem está chato!!!

Sim! E daí? O que fazer agora?

sábado, 6 de setembro de 2008

O Que Dá Sentido à Vida

Não sei se a vida é curta
Ou longa demais pra nós,
Mas sei que nada do que vivemos tem sentido,
Se não tocamos o coração das pessoas.

Muitas vezes basta ser:
Colo que acolhe,
Braço que envolve,
Palavra que conforta,
Silêncio que respeita.

Alegria que contagia,
Lágrima que corre,
Olhar que acaricia,
Desejo que sacia,
Amor que promove.

E isso não é coisa de outro mundo,
É o que dá sentido à vida.
É o que faz com que ela
Não seja curta,
Nem longa demais.
Mas que seja intensa,
Verdadeira, pura.
Enquanto durar.

Cora Coralina