(Confissões de uma Águia misteriosa)

Dor? Sofrimento? Sim, sinto e tenho, mas nada é fácil nesse mundo. Enfim, se você se conforma com a vida que tem, é porque tem medo de tentar, e eu não tenho e lutarei até o fim.

Sobre a Águia

Minha foto
Eu não sou nada. Não posso querer ser nada. Mas tenho em mim todos os sonhos do mundo... Uma coisa é escrever como poeta, outra como historiador: o poeta pode contar coisas não como foram, mas como deveriam ter sido, enquanto o historiador deve relatá-las não como deveriam ter sido mas como foram, sem acrescentar ou subtrair da verdade o que quer que seja.

sexta-feira, 19 de março de 2010

A Cúmplice

Acordei hoje, liguei o som e a música que começou a tocar foi essa de Fábio Jr "A Cúmplice". Não sei porque, mas caíram duas lágrimas dos meus olhos ao escutar essa canção.Talvez porque eu esteja precisando disso mesmo... de uma pessoa que seja minha cúmplice, que me faça ver o mundo com outros olhos, que não me critique... que seja diferente de todas que eu já tive.


----------------------------------------------------------------------------------


Eu quero uma mulher

Que seja diferente
De todas que eu já tive
Todas tão iguais
Que seja minha amiga
Amante e confidente
A cúmplice de tudo
Que eu fizer a mais...

No corpo tenha o Sol
No coração a Lua
A pele côr de sonho
As formas de maçãs
A fina transparência
D'uma elegância nua
O mágico fascínio
O cheiro das manhãs...

Eu quero uma mulher
De coloridos modos
Que morda os lábios sempre
Que for me abraçar
No seu falar provoque
O silenciar de todos
E seu silêncio obrigue
A me fazer sonhar...

Que saiba receber
Que saiba ser bem-vinda
Que possa dar jeitinho
Em tudo que fizer
Que ao sorrir provoque
Uma covinha linda
De dia, uma menina
A noite, uma mulher...

----------------------------------------------------------------------------------