(Confissões de uma Águia misteriosa)

Dor? Sofrimento? Sim, sinto e tenho, mas nada é fácil nesse mundo. Enfim, se você se conforma com a vida que tem, é porque tem medo de tentar, e eu não tenho e lutarei até o fim.

Sobre a Águia

Minha foto
Eu não sou nada. Não posso querer ser nada. Mas tenho em mim todos os sonhos do mundo... Uma coisa é escrever como poeta, outra como historiador: o poeta pode contar coisas não como foram, mas como deveriam ter sido, enquanto o historiador deve relatá-las não como deveriam ter sido mas como foram, sem acrescentar ou subtrair da verdade o que quer que seja.

sábado, 29 de maio de 2010

Putz, que saudade!

Boa noite, Bom dia, Boa tarde blogueiros... Como estão todos?? Eu estou bem, com saudade de postar sempre, mas estou voltando aos pouquinhos. Já vai dar 1 hora da manhã do domingo. E eu aqui relembrando coisas de meses atrás...

Hoje arrumei a casa toda, estou acabado. Pude perceber como minha mãe trabalha... vou começar contando dessa experiência. Mainha foi passar 15 dias em Goiania, na casa do meu tio, ele mandou a passagem dela e de vovó. Esses 15 dias, eu senti o que é morar só, apesar de estar com meu irmão. Senti também mais responsabilidade, me senti mais homem. Foi muito bom... Mas por outro lado, percebi a importância da minha mãe na minha vida, descobri que ainda preciso dela. Como ela é essencial pra mim, não por causa da comida ou por causa da limpeza da casa, isso eu me viro muito bem e dou conta do recado. Mas senti muita falta de conversar com ela, de fazer um comentário importante que aconteceu no dia... Enfim, quando eu for pra São Paulo vou sofrer um bocadinho nesse aspecto... Aprendi também uma coisa muito importante: quero dar o maior conforto pra minha mãe, quero que ela se divirta mais. Vou trabalhar pra ganhar bem muito dinheiro e poder proporcionar todo o bem estar pra ela... E minha mãe ainda nem sabe de algumas modificações que fiz em casa... Eu gostei dessa experiência, mas quero minha mãezinha ainda muito tempo do meu lado... viajando, se divertindo, e tendo a certeza de que ela vai voltar.

Profissionalmente estou atarefado. Trabalhando muito, me virando em mil. Estou gostando de dar aulas, mas prefiro atuar. Quero voltar a fazer peças. Pedi a um amigo para fazer um monólogo pra mim há anos atrás, um dia desse perguntei pelo monólogo e ele disse que terminou de escrever e está nos últimos ajustes, falou que ia me mandar por email, mas até agora nada. Estou super ansioso. Vai ser uma volta sensacional. Queria começar o processo de ensaio ainda esse ano... mas vamos ver no que dá.

Ultimamente tenho estado tão nostálgico, ontem eu estava mais inspirado para escrever, hoje não estou muito não. Mas tenho pensado muito em coisas que já passou... momentos felizes, de curtição, de risos... sem se preocupar muito com o amanhã. Por isso é que dizem: viva o hoje para que ele se torne inesquecível. Que saudade desses momentos, como a vida passa rápido. Tenho saudade dos finais de semana de verão, das brincadeiras com os meus amigos, das diverções nos sábados... até dos momentos com a minha família eu sinto saudade. Mas o que eu acho estranho é que não faz tanto tempo assim, apenas meses, e a saudade é como se fosse de anos. Que fenômeno seria esse?? "Fim do mundo: dias curtos, horas passando mais rápidas..."

E pra completar a minha nostalgia, recebo um email de uma amiga com o seguinte site "As melhores lembranças anos 80 e 90", Não há quem consiga segurar o choro.. Não é choro de tristeza, mas choro de saudade, de um passado massa que não volta mais, que virou só lembrança. Mas que está guardado ali no teu subconsciente. E só consegue ter esse choro quem curtiu de verdade esses momentos, que guardou dentro da caixinha das boas lembranças.... E eu guardei esses intensos e maravilhosos momentos.

Bom, a conversa está muito boa, mas eu preciso ir dormir. Amanhã vou pegar minha mãezinha e minha vovó no aeroporto...

É com essa frase que termino o post de hoje:

Putz, que saudade!

quarta-feira, 19 de maio de 2010

Vídeo sensacional - On The Rocks


O motivo da postagem de hoje é esse vídeo sensacional...
Estava navegando pelos sites de notícias, não sei como, fui levado à esse incrível vídeo. É de uma turma da universidade dos Estados Unidos, os ON THE ROCKS, que fizeram só pra descontrair uma performance só com voz (capela) e dança, da música da cantora Lady Gaga, Bad Romance.
E uma coisa que era pra ser tosca acabou se tornando essa descontração que está tomando conta da rede internáutica. rsrsrsrs

Confesso que dei muitas gargalhadas vendo o vídeo e achei incrível... tudo ensaiado, bem coreografado. E percebam que as roupas são as mesmas que eles usam durante as aulas da universidade, que foi feito pra galera da faculdade se divertir, sem maiores pretensões. Bem original.

Divirtam-se com o vídeo... não vão se arrepender. Eu garanto!!! =D