(Confissões de uma Águia misteriosa)

Dor? Sofrimento? Sim, sinto e tenho, mas nada é fácil nesse mundo. Enfim, se você se conforma com a vida que tem, é porque tem medo de tentar, e eu não tenho e lutarei até o fim.

Sobre a Águia

Minha foto
Eu não sou nada. Não posso querer ser nada. Mas tenho em mim todos os sonhos do mundo... Uma coisa é escrever como poeta, outra como historiador: o poeta pode contar coisas não como foram, mas como deveriam ter sido, enquanto o historiador deve relatá-las não como deveriam ter sido mas como foram, sem acrescentar ou subtrair da verdade o que quer que seja.

sábado, 31 de dezembro de 2011

Retrospectiva 2011



Acabou e agora é pra valer. Dois mil e onze está dando adeus.
E fazendo aquela retrospectiva vou lembrando de todos os momentos ruins e bons da minha vida. O que marcou mais durante esses trezentos e sessenta e cinco dias?
Meu ano começou sem muitas expectativas, não tinha planos nem projetos. Fui deixando a vida me levar, e posso dizer que deu certo. Aconteceram coisas maravilhosas. E já dando a dica: Quando você começa algo sem muitas expectativas tem grandes chances de dar certo. E se não der não vai sentir muito, pois é bem pior para aceitar que tudo deu errado quando se cria ilusões. Deixe a vida te levar.
Nas finanças devo dizer que não houve muito progresso, comparando ao ano anterior. A caminhada foi a passos lentos durante todo o ano.
A lista de amigos aumentou um bocado. Já a dos melhores amigos continua a mesma, tendo em vista que melhor amigo não se acha na esquina. Por isso é importante e muito mais lucrativo manter os mesmos melhores amigos a cada ano. Então, ponto positivo na amizade. [aêêêêêêêê]
No trabalho nada mudou, tudo continua como antes. Muito trabalho e pouco reconhecimento (R$). A esperança de um dia voltar a ser tudo o que quero ainda continua pulsando dentro de mim. Tive o gostinho no segundo semestre quando voltei a atuar. Mas foi algo muito rápido, adiando um pouco mais deixando para curtir nos próximos meses.
A lista de relacionamentos teve uma mudança bem positiva nesse ano que se encerra. Comecei sofrendo mais uma vez de paixonite aguda. E pra não ser diferente, levando um fora bem característico. Para mim foi a gota d'água, estava decidido não mais me apaixonar, Tinha a certeza que não tinha nascido para ser/ter um cônjuge. Até que o destino me prega uma peça novamente. Me faz apaixonar por alguém de uma falsa consideração, me faz ter momentos de intensa felicidade, voltando a acreditar que o meu coração ainda batia, e podia bater mais forte por alguém, aí em menos de dois meses vem a queda do poder me arrasando e tirando toda a esperança de um dia viver um grande e verdadeiro amor. Só que então, algo muda drasticamente, e o colorido volta mais forte e brilhante. É o amor outra vez. E termino dois mil e onze acreditando que dessa vez é o amor de verdade e veio pra ficar. Então, ponto positivo no amor. [aêêêêêêêê]
A muito custo realizo um dos meus sonhos de consumo. Deixando a vida bem mais interessante e mais cheia de responsabilidades. E agora no finalzinho do último mês algo acontece para me deixar mais emocionado. Vou ganhar mais uma afilhada. Estou muito feliz. Afilhado é praticamente um filho. Então avaliando tudo isso, ponto positivo. [aêêêêêê]
Enfim, alguns dos meus sonhos ainda continuam apenas sonhos. Mas a verdade é que, mais um ano é que se vai, não é minha vida que está acabando, a vida continua, por isso a chama da esperança continua acesa pois se um ano acaba outro se inicia.
Então que dois mil e doze comece com toda a alegria, e que no decorrer dos dias cada sonho, cada desejo seja realizado. Que o novo ano venha cheio de amor e esperança no coração de todos. Paz e harmonia para todas as famílias e cada ser humano que neste planeta habita.
Obrigado 2011...
Venha 2012.

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Com Você


Encontrei você
E desde então tudo mudou.
As cores voltaram,
Os meus dias se encheram de alegria.

Minha vida,
Tal qual um quadro de Monet.
Parece fantasia,
Mas é tudo real
E com você tudo dá certo.


Encontrei você,
Me olhou.
E como um imã
Para você tudo se voltou
Quase sem querer.


Atenção;
Desejo;
Paixão;
Amor;
E todo o sentimento do meu coração.


Meu destino
Agora caminha na sua direção.
É pra você,
E com você
Que os meus dias seguirão.




Leonardo Fernandes



terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Ainda bem





Veio até mim
Quando já não mais esperava
Apareceu.
Foi chegando assim
Bem de mansinho
Me conquistando com jeitinho.


Medo.
Coração cheio de cicatrizes,
E um desejo incontrolável
de ter você.
O que fazer?
Se entregar.
Esperar.


Olhos nos olhos,
Boca na boca,
Pele com pele,
Desejo,
Paixão,
Amor.


Veio até mim
Ainda bem que você veio.
Me pegou,
Me desarmou,
Me conquistou,
E hoje meu desejo deseja você.


Lhéo Fernandes