(Confissões de uma Águia misteriosa)

Dor? Sofrimento? Sim, sinto e tenho, mas nada é fácil nesse mundo. Enfim, se você se conforma com a vida que tem, é porque tem medo de tentar, e eu não tenho e lutarei até o fim.

Sobre a Águia

Minha foto
Eu não sou nada. Não posso querer ser nada. Mas tenho em mim todos os sonhos do mundo... Uma coisa é escrever como poeta, outra como historiador: o poeta pode contar coisas não como foram, mas como deveriam ter sido, enquanto o historiador deve relatá-las não como deveriam ter sido mas como foram, sem acrescentar ou subtrair da verdade o que quer que seja.

segunda-feira, 7 de maio de 2012

Devaneios de Brigite 3

Olá,
Cá estou novamente. Espero que tenham sentido uma saudadezinha da Brigite aqui. 
Pois bem, demorei a voltar, mas é que estava um pouco ocupada nesses últimos meses. Como falei nas postagens anteriores, não gosto de rotina, e por isso não paro em empregos. Esse foi um dos motivos da minha ausência, estava a procura de um emprego. 
E é nele que estou agora. Emprego novo, pessoas novas, isso é bom demais. Só que eu sou tão 'dada', que em menos de dois meses as pessoas já me conhecem e o que era novo já esta se tornando velho. Mas vou confessar uma coisa para vocês, tenho o maior problema em acordar cedo, porém eu prefiro trabalhar pela manhã sabe, porque as horas parece que passam mais rápido, quando menos espero já está acabando o meu horário de expediente. É bom demais.
O emprego é ótimo, as pessoas também, entretanto o salário é pior do que o de professora. Tenho tanta conta pra pagar que quando recebo o salário, ele não dura nem vinte e quatro horas na minha mão, as vezes sobra conta no final do mês, mas é aí que recorro ao meu maridão. Só que vamos combinar, depender de homem é regredir no tempo. Nós mulheres já conquistamos nossa independência, temos mais é que correr atrás de trabalho pra ganhar muito dinheiro e não depender de homem nenhum.


Ei, um segredinho nosso, quando o homem percebe que você não precisa dele para pagar as suas contas, ele fica tão inseguro nesse mundo que faz de tudo para que você dependa dele. E é aí minha filha, que você conquista o bofe de vez. 


Falando em maridão, essa é nova pra vocês né?!
Até a última postagem eu estava conhecendo o Diogo, mas menina, foi uma coisa tão rápida que quando menos esperei já estávamos morando juntos. Uma coisa de louco. Não podia ser diferente, sendo eu do jeito que sou. Mas o Diogo é o homem da minha vida, eu já disse isso antes, e agora estou reforçando. Nunca tinha encontrado ninguém como ele. Já estamos juntos há um pouco mais de seis meses, mas parece que faz tanto tempo, já temos tanta intimidade. Certas intimidades que nunca tive com nenhum outro homem, em nenhum dos outros relacionamentos. 
Na verdade, ainda não levei minhas roupas para a casa dele. Ando com minha malinha pra cima e pra baixo. Disse a ele que estou esperando uma aliança, afinal todo casal que se preze tem que firmar o compromisso. E tem mais, acha mesmo que vou deixar meu homem solto por aí?! Conheço bem as mulheres, e os homens também. Se vacilar vocês roubam na cara dura. Rum!
A aliança é só pra mostrar aos 'urubus' que aquele pedaço de carne, ou pra ficar mais romântico, aquele pedaço de mal caminho, já tem dona. Há quem diga que isso não quer dizer nada. Que não vai ser uma aliança no dedo que vai impedir de que algo aconteça. 
Concordo. 
Mas é melhor prevenir do que remediar. E tem mais, confio no meu taco e no meu gato. Se algo acontecer, e ele me abandonar, vou chorar alguns dias, mas não vou morrer não. Só que eu tenho uma certeza tão grande que vamos ficar velhinhos juntos que eu não sei explicar de onde vem. Continuo tão apaixonada que quando passo um dia longe dele só falto morrer de saudade. 
Voltando a questão da aliança, claro que no século que estamos vivendo isso é a maior besteira do mundo, mas eu sempre sonhei com um príncipe encantado, com um casamento de princesa, e que só sairia de casa depois de casar, assinar os papéis e colocar uma aliança no dedo. Cafona né?! Só que eu acho que é por isso que eu exijo uma aliança. 
Ah, e tem mais, quero um espaço para as minhas coisas na nossa casa. Tenho muitos livros, e não abro mão deles, tenho várias roupas, vestidos glamourosos e quero levar tudo para a nossa casa. Só que para isso tem que ter casamento de verdade. Falem o que quiser, mas eu sou assim mesmo. Pronto falei.


Menina como eu falei hoje. Disse tudo, ou melhor, quase tudo que estava guardado. Ainda deixei algumas coisas na caixinha de segredos. Afinal, estou no Mistérios de uma Águia. Pra fazer jus ao blog, tem que fazer um mistério né?!
Beijo e até a próxima.


Brigite
Maio 2012.