(Confissões de uma Águia misteriosa)

Dor? Sofrimento? Sim, sinto e tenho, mas nada é fácil nesse mundo. Enfim, se você se conforma com a vida que tem, é porque tem medo de tentar, e eu não tenho e lutarei até o fim.

Sobre a Águia

Minha foto
Eu não sou nada. Não posso querer ser nada. Mas tenho em mim todos os sonhos do mundo... Uma coisa é escrever como poeta, outra como historiador: o poeta pode contar coisas não como foram, mas como deveriam ter sido, enquanto o historiador deve relatá-las não como deveriam ter sido mas como foram, sem acrescentar ou subtrair da verdade o que quer que seja.

terça-feira, 12 de junho de 2012

Meu Maior Projeto





O tempo passa feito raio.
A cada dia cresce mais esse sentimento.
A vida toda foi um ensaio,
Para esse amor sem julgamento.


Com você tudo é perfeito,
E a vida não teria graça.
O nosso amor é sem preconceito,
E forte que não tem quem desfaça.


Minha boca procura a sua.
Quando estamos longe tudo é sede.
A verdade nua e crua,
É que sem você nada sucede.


O amor está por toda a parte.
Nos olhos o mesmo reflexo.
Você é a minha arte,
Envolvida num amplexo.


Será sempre o meu maior projeto,
Nessa vida e na outra,
Serei teu arquiteto,
E juntos seremos só afeto.


Você pra mim é tudo
Hoje me sinto um Rei.
E por isso que eu digo, não fico mudo:
Eu te amo e sempre te amarei.


Lhéo Fernandes

sexta-feira, 8 de junho de 2012

Dia nublado



Certa manhã chuvosa e fria, Miguel acorda e tem que enfrentar mais um dia de trabalho árduo. Sem vontade e sem estímulo nenhum para o trabalho, ele se sente obrigado e pressionado para o tal exercício.
Levanta da cama e diz triste:

- Bom dia chuva! Bom dia céu nublado!

Seu amigo que dormia na cama ao lado ouviu quando ele se levantou e falou com o céu e com a chuva. Mas para tentar consolar Miguel, o amigo disse:

- Não fique triste meu querido Miguel. Na vida as vezes temos que seguir caminhos tortuosos e desestimulantes, mas tudo isso não é em vão.
- Como não? Todo dia é a mesma coisa: vou trabalhar sem estímulo e sem vontade nenhuma.
- E por que você não vai atrás de algo que o estimule?
- Porque aquilo que realmente amo fazer não me dá condições de sobreviver financeiramente. - Disse Miguel mais triste ainda.
- Entendo você, meu querido amigo, mas a vida só tem sentido quando fazemos algo com amor. E mesmo que aquilo que você esteja fazendo hoje não traz alegria alguma, tente tirar algo bom de tudo isso.
- Obrigado amigo, vou seguir seus conselhos.

E assim Miguel seguiu para o trabalho. Foi sem nenhuma pressa, mesmo estando atrasado. 
Orou, pedindo proteção e força de vontade para seguir em frente. Mais tarde, já no final do dia ele tem a maior surpresa da sua vida. Ganha o prêmio mais cobiçado de todo o mundo, e com isso está livre para fazer o que realmente ama, e faz com paixão.
Por fim ele entendeu que não devemos ficar reclamando de tudo, e já que está no caminho tortuoso, o melhor a fazer é sair dele da melhor maneira possível, encarando tudo com bom humor. E aguardar, pois se algo ainda não está bom, é porque não chegou no final. 
E agora Miguel só tem motivos para sorrir.